Está aqui

Campeões nacionais de surf 2016 decididos no Guincho

A vitória da etapa final da Liga Moche 2016 - Huawei Cascais Pro coube a Gony Zubizarreta e Camilla Kemp. A pontuação ditou, contudo que Pedro Henrique e Carol Henrique fossem coroados campeões nacionais de surf. A final decorreu no Guincho, em ambiente de grande nervosismo, pois tendo em conta o ranking e as ausências de Frederico Morais, Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot tudo podia acontecer.
Foi de nervos à flor de pele a final da Liga Moche que decorreu a 8 de outubro de 2016, na Praia do Guincho.
 
O ranking masculino podia ter sido alterado se Zé Ferreira, surfista do Guincho, tivesse ganho, mas o espanhol Gony Zubizarreta levou a melhor na final. "O Guincho é um sítio incrível", referiu. "Ganhar um campeonato da Liga Moche é muito difícil!", acrescentou, agradecido pela oportunidade de participar.
 
Contente por ter tanta gente a apoiá-lo na sua praia, Zé Ferreira não escondeu a tristeza de ver fugir a final: "morri na praia", afirmou. Mesmo assim, o surfista de Cascais, considera ter tido um bom ano: "estou contente com a minha performance na Liga. É o fiinal de mais um ano, um grande ano. Para o ano há mais!"
 
Em terra seca, Pedro Henrique, surfista brasileiro naturalizado português e residente em Cascais, chegou a tapar o rosto para não ver a final. É que a pontuação podia ter-lhe roubado o título de campeão nacional até ao último segundo. E nada podia fazer. Mas a última onda fugiu a Zé Ferreira e Pedro Henrique sagrou-se campeão nacional de surf 2016. 
 
No feminino a vitória da final coube a Camilla Kemp, mas o ranking ditou que fosse Carol Henrique a sagrar-se campeã. Uma festa em família no Guincho a fechar a época de surf 2016.
 

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais