Está aqui

Infraestruturas, equipamentos e mobilidade

Planeamento e programação de infraestruturas, nomeadamente da Rede Viária, de Transportes e Telecomunicações, de equipamentos nas áreas da Educação, Saúde, Acão Social, Desporto e Cultura, e de ações de estudo e melhoria da Mobilidade no território concelhio.

 

  • Estudo de trânsito de âmbito concelhio (ETAC)

A pressão urbanística exercida sobre o território do concelho de Cascais nas últimas décadas, originou uma ocupação e expansão urbanas em certos casos desequilibrada, e traduzida num efeito de crescimento de território tipo “sprawl” (mancha de óleo). Tal crescimento traduz padrões de mobilidade insustentáveis, apoiados sobretudo no transporte individual, levando a aumentos significativos de consumo de tempo e energia nas deslocações, prejudiciais ao ambiente, e consequentemente, à perda de qualidade de vida.

Face a este cenário, a concretização do ETAC como um estudo alargado da mobilidade concelhia, constituirá uma ferramenta fundamental de análise, diagnóstico e geradora de elementos de apoio à tomada de decisão, através da resposta a seis questões fundamentais: Quem, Porquê, Quando, Onde, Como e Qual o trajecto nas deslocações diárias. Deste modo será possível obter uma radiografia de pormenor da mobilidade no concelho, para que, com uma taxa de sucesso elevado, seja possível suprimir e corrigir lacunas no ordenamento do território, estabelecer estratégias para expansões urbanas futuras, planear melhor os investimentos na rede viária e na rede de transportes colectivos, e melhorar significativamente os padrões de qualidade de vida, além de promover um melhor e mais sustentável ordenamento territorial.

Relatório Final | Território | Mobilidade | Acessibilidade | Contas PúblicasDiagnóstico GlobalCenáriosProjetosNormativoBalançoDocumento Final

O projecto do IC30/A16 potencia o escoamento do tráfego do concelho, promovendo a redução do tráfego na rede viária existente e contribuindo para uma melhor articulação com a rede viária existente/projectada. O lanço Linhó/Alcabideche do IC30/A16, para além das ligações à rede rodoviária secundária prevê ligações aos equipamentos existentes e projectados nas suas imediações. Ao nível concelhio foram garantidas as circulações locais com a construção de 9 rotundas e vias locais. Neste momento já se encontra em funcionamento.

Em 21 de Dezembro de 2009 foi aprovada por unanimidade em Reunião de Câmara, sob a proposta nº 1490/2009. Em 24 de Junho de 2010 foi aprovada por unanimidade em Reunião Plenária da Assembleia Municipal. É um documento temático que preconiza um Programa Estratégico de Intervenção na rede de equipamentos desportivos do concelho de Cascais, suportado por uma análise profunda do território em todas as suas vertentes, quer geográficas, quer humanas, e constitui-se como um instrumento de apoio à tomada de decisão.

É um documento temático que analisa o território concelhio face às várias valências de ação social e aponta caminhos orientadores para a atuação no terreno, bem como metas programáticas e temporais, em relação à necessidade de novos equipamentos, reformulação dos existentes, ou introdução de respostas a valências inexistentes no concelho, com vista a fazer de Cascais um concelho social e territorialmente coeso. Em 19 de Janeiro de 2010 foi aprovada por unanimidade em Reunião de Câmara. Em 1 de Fevereiro de 2010 foi aprovada por unanimidade na reunião plenária da Assembleia Municipal.

O Mapa de Ruído do Concelho de Cascais constitui-se como um instrumento permanentemente atualizável, com vista à utilização efetiva na prática do planeamento urbano.
Na sua elaboração procedeu-se ao levantamento, tratamento e cálculo das fontes sonoras, de acordo com as diferentes categorias de ruído. O documento inclui ainda Mapas Temáticos para as diversas fontes sonoras: Grandes Eixos de Circulação Rodoviária, Linha Ferroviária Cascais - Lisboa, Aeródromo e Autódromo e, Mapas de Conflito, ou seja, identificação das zonas onde existe excesso de dB, de acordo com o estabelecido no quadro legal em vigor, e da classificação do zoneamento e irá funcionar de base ao futuro PDM.
O Mapa do Ruído encontra-se concluído, embora se encontre em elaboração os Planos Municipais de Redução de Ruído, que complementam este documento, de acordo com a lei em vigor.

  • Acessibilidades ao Novo Hospital de Cascais

No âmbito do Acordo celebrado entre a Câmara Municipal de Cascais e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS), foi desenvolvido o projecto de execução das acessibilidades ao novo hospital de Cascais. Dadas as características da rede viária em causa, foram desenvolvidos estudos, tais como:

  • Alargamento da 3.ª Circular para 2x2 vias entre a rotunda de Alcabideche e uma nova rotunda a construir a Sul da A5 junto da passagem superior existente;
  • Construção de um nó desnivelado na 3.ª Circular a Sul do perímetro de Implantação do Hospital;
  • Aumento da capacidade da Rotunda de Alcabideche;
  • Beneficiação da Estrada do Cabreiro e ligação à estrada do Pisão no sentido de melhorar a sua capacidade

Estas vias entraram em funcionamento quando da inauguração do Novo Hospital de Cascais.

Conheça também

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais