Está aqui

Praias de Ouro em Cascais: Quercus distingue maioria das praias do concelho

Cascais ganhou, este ano, mais quatro Bandeiras Qualidade de Ouro. A organização ambientalista Quercus reconheceu a qualidade das praias do concelho e atribuiu a Cascais, no total, 11 Bandeiras Qualidade de Ouro, um número que Cascais nunca tinha alcançado.

A Quercus, em comunicado divulgado na sexta-feira, 19 de maio, salienta que este contributo de carácter ambiental “pretende criar e motivar os municípios portugueses a construírem e dinamizarem uma cultura de desempenho ambiental consolidado, com reflexos na qualidade da água balnear”. E acrescenta que, a montante, são necessárias atitudes e planeamento direcionado para a sustentabilidade e educação ambiental".

Esta classificação respeita uma série de critérios, entre os quais “a água ter apresentado uma qualidade Excelente, nas cinco últimas épocas balneares”. 

As praias premiadas com a Bandeira Qualidade de Ouro são: Abano, Avencas, Azarujinha, Bafureira, carcavelos, Cresmina, Guincho, Moitas, São Pedro do Estoril, Tamariz e Parede. 

Pelo segundo ano consecutivo, Cascais não hasteou bandeiras azuis por divergências com a Associação Bandeira Azul da Europa. Desde 2016 que o município de Cascais recusa hastear bandeiras azuis e, consequentemente, este ano não apresentou qualquer candidatura à Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). A qualidade das águas mantém-se totalmente assegurada. E a prova chegou com as bandeiras de Qualidade de Ouro entregues pela Associação Ambientalista Quercus. 

"Temos orgulho no trabalho feito ao longo do ano e no esforço das entidades que garantem a qualidade das nossas praias todo o ano", afirmou Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, na abertura da época balnear, explicando que em causa estão divergências quanto ao método de análise da qualidade das águas: enquanto a Agência Portuguesa do Ambiente (as análises oficiais para a ABAE) realiza análises mensais, Cascais contrapõe com análises semanais por uma questão de rigor. Basta que a análise mensal seja feita num dia de chuva para comprometer o seu resultado. Daí a exigência da autarquia para que a ABAE aceite as suas análises semanais, que são efetuadas pela Águas de Portugal.

O comunicado divulgado pela Quercus anuncia que "com 11 praias com água de qualidade estão os concelhos de Cascais e de Peniche e com dez Matosinhos, Loulé e Grândola. Os concelhos algarvios de Aljezur, Lagoa e Portimão apresentam oito zonas balneares com qualidade, a que se juntam Figueira da Foz e Póvoa de Varzim”.

A mais longa época balnear do país abriu em Cascais, a 1 de maio, e prolonga-se até 30 de setembro, com um reforço de investimento na ordem dos 500 mil euros na limpeza e manutenção de praias. 

Ver esclarecimento sobre monitorização da qualidade das praias no concelho

Saiba mais (com fotos).

 

 

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais