Está aqui

Cascais tem novo centro de recolha de animais e veículo de emergência

Cascais conta a partir de hoje, 13 de junho, com um novo centro de recolha animal e de uma ambulância para animais que vai funcionar 24 horas e 365 dias por ano.

O novo centro de recolha oficial de animais do concelho de Cascais é um dos mais avançados do país e tem lugar para 45 cães e 45 gatos, instalações clinicas com sala de cirurgia, sala de vacinação antirrábica e de colocação de microchip, espaço de recobro para cães e gatos e também para acolhimento temporário de animais de grande porte. A funcionar na Associação Francisco de Assis, no Zambujeiro, as instalações do novo centro foram financiadas na totalidade pelo município e conta com a colaboração daquela associação para a sua gestão.    

O novo centro faz parte da estratégia municipal de defesa da causa animal, iniciada com a publicação do Regulamento Municipal de Bem-estar e Saúde Animal, em 2011, que pode consultar AQUI. 

“ Este centro vai permitir, em conjunto com o veículo de emergência médica, uma capacidade de resposta cada vez maior e mais eficaz na defesa da causa animal” afirmou Carlos Carreiras que acrescentou ser este um projeto que é um exemplo da "democracia colaborativa" entre a Câmara Municipal de Cascais e a Associação S. Francisco de Assis. "Mas, não podemos ficar por aqui, este é só mais um passo, ainda que muito importante, no percurso que temos de continuar a fazer para esta causa", disse o autarca.  

O Serviço de Intervenção Rápida para Animais, já a funcionar desde Março, é agora reforçado com um veículo em intervenção rápido para transporte de animais em situação de emergência. Esta viatura permite maior conforto no transporte dos animais socorridos na via pública e é apoiada por serviço de acompanhamento médico-veterinário, 24 horas por dia, 365 dias ano.

Desde 1 janeiro 2017, até hoje foram efetuadas 67 intervenções de emergência, capacidade que pode aumentar consideravelmente com as condições agora instaladas.

Mesmo enquanto decorria a inauguração do centro, o Piquete de Intervenção Rápida foi chamado a socorrer um cão, vítima de atropelamento na Estrada de Manique e sem dono conhecido. A recolha fez-se sem incidentes e o cão foi colocado no centro de recolha para posterior rastreio e tratamento de algumas escoriações na pata.   

Mas, o objetivo da Associação S. Francisco de Assis é conseguir que os animais recolhidos encontrem uma nova casa e uma nova família o mais rapidamente possível: “ Temos uma elevada taxa de adoção aqui no concelho” referiu João Salgado, vice-presidente da direção da associação, acrescentando que só este ano “foram adotados 225 animais dos cerca de 300 recolhidos”, acrescentando que alguns dos que ainda não foram adotados se encontram em familias de acolhimento.  

As políticas de proteção animal do concelho de Cascais são implementadas em estreita colaboração com a Associação São Francisco – Cascais (SFA Cascais), sem prejuízo das competências próprias da autoridade veterinária municipal.

O CRO - Centro de Recolha Oficial de Animais foi garantido no âmbito de uma proposta do Orçamento Participativo.

  

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais